MOSTRA DE CINEMA | FLIM 2019

O Itaú Cultural, em parceria com a FLIM 2019, apresenta a Mostra de Cinema Indígena com a participação de pesquisadores do Núcleo de Pesquisa Pró-Memória de SJC/UNIVAP que irão mediar diálogos, traçando um paralelo com os dados obtidos acerca da ocupação indígena em SJC e na região do Vale do Paraíba. 

SÁBADO 14/09

FILME
PATXOHÃ – LÍNGUA DE GUERREIROS

 14/09 | Sábado | 15h
Local: CFPAO
Lugares limitados por ordem de chegada.

Debatedores das sessões:
Daniele Siqueira Estrela, Iago de Almeida,  Isabel Degen Alendes, Luiza Nogueira Bin, Natanael Francis e Victor Augusto Benez Padilha

Sinopse:
Fazer desaparecer a língua de um povo é uma das estratégias de opressão mais eficazes quando o objetivo é provocar o esquecimento. Assim foi com o povo Pataxó. A retomada da língua patxohã é a personagem principal deste documentário gravado na Reserva da Jaqueira, no Sul da Bahia. A narrativa de lembrar a reconstrução e recriação da língua é contada pelos que decidiram ter de volta uma língua própria. Agora, cerca de vinte anos depois, o povo Pataxó pode contar esta história.

Créditos da Obra
Créditos Presidente: Milú Villela
Diretor-superintendente: Eduardo Saron
Superintendente Administrativo: Sérgio Miyazaki
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenação de conteúdo audiovisual: Kety Fernandes Nassar
Produção audiovisual e câmera adicional: Ana Paula Fiorotto  Fotografia e câmera: André Seiti e Karina Fogaça
Técnico de som: Tomás Franco (terceirizado)
Roteiro, edição e finalização: Caetano Tola (terceirizado)
Consultoria: Junia Torres e Roberto Romero (terceirizados)
Agradecimentos: Anari Braz Bonfim, Bruna Franchetto, Rosângela Tugny e Reserva Indígena da Jaqueira Gravado durante o curso de linguística Pensando a Língua, com a professora Bruna Franchetto, em janeiro de 2017, na Reserva Indígena da Jaqueira.
Programa Arte, História e Língua Maxakali-Pataxó: Educação Pública Intercultural e Integral na Região Sul da Bahia.
PROEXT – MEC – UFSB

FILME
KRENAK
14/09 | Sábado | 16h30 | CFPAO 

Sinopse:
A história da tribo Krenak indígena de Resplendor (Minas Gerais) desde a declaração da "guerra justa" pelo rei português D. João VI em 1808, até o desastre ambiental no Rio Doce causado pela ruptura da barragem de minérios em Mariana em 2015.

Créditos da Obra
Créditos Roteiro e direção - Rogério Corrêa
Direção de fotografia e câmera - Lucas Barreto  
Som Direto - Judaz Mallet
Editor de imagem - Pablo Ferreira
Canções – Comunidade Krenak de Resplendor
Edição de som e mixagem - Ricardo Zollner
Colorista - Eduardo Andréa (Kito)
Gravação e mixagem de músicas - Leonardo Pires Rosse
Mapas - Luis Scarabel Junior
Entrevistas adicionais - André Campos
Assessoria - Leticia Aleixo
Itaú Cultural Presidente - Milú Villela
Diretor Presidente - Eduardo Saron
Diretor Administrativo - Sérgio Miyazaki
Departamento de Serviços Audiovisuais e Literatura
Gerente - Claudiney Ferreira
Coordenação - Ketty Fernandes Nassar
Produção Audiovisual - Ana Paula Fiorotto
Produzido por Itaú Cultural e Ministério Público Federal –
Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão em Minas Gerais